O Condomínio 4.0 - O Condomínio do Futuro

Escrito por 

Para você que ainda não leu o livro "A Quarta Revolução industrial", de Klaus Schwab, segue uma dica mega power:

Nessa obra fantástica ele conta as 4 revoluções industriais, que são:

1 - Máquina a vapor;

2 - Eletricidade;

3 - Revolução digital;

4 - Inteligência artificial, IOT, robótica, impressora 3D e outros...

Segundo Klaus Shwab,

"A questão para todas as indústrias e empresas (ou condomínios, né?), sem exceção, não é mais 'haverá ruptura em minha empresa?', mas 'quando ocorrerá a ruptura, e como ela afetará a mim e a minha organização?"

Essas revoluções, com o passar dos anos, mudaram a nossa maneira de viver, comprar, relacionar, estudar e morar.

Mas, Odirley, o que tem a ver isto com os condomínios?

Tivemos essas revoluções nos condomínios também?

Veja comigo as Quatro Revoluções Condominiais

- A Primeira Revolução Condominial: Viver em Comunidade

Aconteceu nas décadas de 20, 30 e 40 do século XX, com o surgimento do primeiro arranha-céu sendo entregue, o Martinelli em São Paulo.

Era status morar em um condomínio nessa época, era comum ter uma barbearia, alfaiate, os mais famosos das cidades estavam em condomínios.

Nessa época, algumas construtoras já estavam se preocupando com segurança, inclusive, achei um encarte da década de 40 que dizia: "Venha para o condomínio Santa Cecília, porque aqui tem um moderno abrigo antiaéreo".

Nesse período as pessoas estavam começando a entender como era viver em comunidade, estavam começando a entender que era diferente de morar em casa, que agora se tinha regras, que tinham que ser cumpridas e que precisavam chegar num acordo entre os moradores.

- A Segunda Revolução Condominial: Tranquilidade

Aconteceu nas décadas de 50, 60 e 70. Nesse momento surgiram novos prestadores de serviços nos condomínios como: ascensoristas (pois nessa época os elevadores eram com acionamentos mecânicos), porteiros, zeladores, surgimento das primeiras corretoras que logo viraram administradoras.

No final da década de 60, com o aumento do custo da mão de obra dos porteiros, surgiram as primeiras fábricas de interfones no Brasil, como uma opção tecnológica para diminuir o custo do condomínio.

Os moradores estavam mais tranquilos, pois não necessitavam tanto de segurança e possuíam um exército de pessoas, onde faziam diversos trabalhos dentro do condomínio.

- A Terceira Revolução Condominial: Terceirização de Serviços

Aconteceu nas décadas de 70, 80, 90 e 2000. Nesse período tivemos alguns grandes incêndios no Brasil, infelizmente, como nos edifícios Joelma e Andraus.

Com isso, várias normativas de segurança começaram a surgir, além de leis municipais que enquadram os condomínios.

O surgimento de empresas terceirizadas para prestar serviços dentro dos condomínios como: vigilantes, porteiros, advogados especialistas no segmento, administradoras de condomínios entrando na era digital, empresas de segurança eletrônica e de monitoramento, surgimento de portais e revistas do segmento condominial, empresas de mediação de conflitos.

Nessa revolução condominial, os moradores, devido a problemas, começaram a terceirizar vários serviços dentro do condomínio.

- A Quarta Revolução Condominial - Conveniência, Segurança e Pessoas

A partir de 2010 começamos a ver os condomínios inteligentes ou condomínios do futuro, com automação e integração de soluções para facilitar ainda mais a vida dos moradores.

Ainda estamos vivendo esse momento da quarta revolução condominial, a cada ano que passa estão chegando mais tecnologias para melhorar a conveniência, segurança e a gestão de pessoas. Vamos citar algumas delas:

- Assembleia Virtual

Na maioria das vezes, o quórum da assembleia não passava de 20% dos moradores presentes, um dos motivos é que as assembleias não eram dinâmicas, os moradores tinham que descer para o salão de festas, não tinha hora para terminar...

Agora com a assembleia virtual, o morador pode estar a qualquer lugar e conectar no link da assembleia, participar e votar.

Isso ajudou a aumentar significativamente o quórum das assembleias e, com isso, o síndico fica mais tranquilo, por quê?

A decisão da assembleia foi tomada com muitos moradores, isso ajuda a evitar explicações do que foi decidido após assembleia.

- Mercados dentro dos condomínios

Imagine que você quer fazer um churrasco no seu apartamento e não tem o carvão, porém, você desce até o hall de entrada do seu condomínio e ali tem um mercado onde você acha o carvão, sal grosso, farofa, temperos.

A opção de mercados compactos e exclusivos está cada vez mais comum, oferecendo aos moradores a praticidade de ter tudo o que precisa dentro da comunidade.

Os mercadinhos condominiais vieram para ficar e ajudar você morador a ter mais conveniência na sua vida.

- Você já teve alguma encomenda extraviada?

Pois bem, os armários inteligentes chegaram para te ajudar com esse problema.

O zelador recebe a encomenda, abre o aplicativo do armário inteligente, seleciona o apartamento e o tamanho da gaveta e, como em um passe de mágica, a porta se abre para armazenar o pacote.

Nesse momento o morador recebe uma notificação avisando sobre a encomenda, basta o morador apresentar o QR Code para a leitora do armário e a porta se abre.

- Plataformas de Comunicação

O síndico precisa mais do que nunca saber se comunicar, precisa fazer um curso de oratória, precisa estudar sobre gestão de pessoas, necessita ter resiliência, sem isso não adianta ter a melhor plataforma do mundo.

Porém, com essas características dentro do seu currículo, o síndico vai conseguir por meio de uma plataforma fazer comunicados claros, apresentações transparentes e assertivas e, com isso, vai diminuir em muito os problemas dentro do condomínio entre moradores.

Dica Mega Power

Você já pensou em convidar a nutricionista do 504 para dar uma palestra online para todos os moradores do seu condomínio?

Ou o professor de educação física do 604 para mostrar quais os exercícios que podemos fazer dentro do nosso apartamento?

Ou a psicóloga do 802 para dar uma aula de como podemos passar por esse momento tão difícil que estamos passando?

O próximo artigo se chamará: Futuro Chegou, já estamos na Quarta Revolução Condominial, o que vem mais por aí?


Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.


Odirley Rocha

Especialista em segurança e futuro condominial, tem MBA em Gestão de Segurança Empresarial e é diretor comercial do Porter Group. Mais informações: odirley.rocha@portergroup.com.br.