Sexta, 05 Fevereiro 2021 00:00

Sabesp libera tarifação distinta para hidrômetros em empreendimentos mistos em SP

Por

Medida atende às sugestões do Secovi-SP e da Abrasip e contempla os projetos do programa ProAcqua de medição individualizada do consumo d'água.

A Sabesp informa que seus sistemas já estão adequados para a medição de água diferenciada para os projetos do programa ProAcqua de medição individualizada na cidade de São Paulo. A medida atende a um pleito do Secovi-SP e da Abrasip (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais) quanto à possibilidade de a concessionária fazer a tarifação distinta em hidrômetros para empreendimentos residenciais (R) e não residenciais (NR), de acordo com o tipo de ocupação.

Segundo as entidades, é comum haver empreendimentos com ocupações distintas, seguindo a tendência do mercado resultante do Código de Obras e Edificações (COE) da Capital Paulista. Em ofício à Sabesp, foram apresentadas situações recorrentes em projetos com este tipo de demanda.

Em um dos exemplos citados no documento, considerou-se o caso de um edifício misto, contemplando pavimentos R (residencial), NR (não residencial) e comercial (lojas), com a previsão de hidrômetro principal na divisa do imóvel com abastecimento indireto (reservatórios inferior e superior) para atender aos pavimentos R e NR, e com possibilidade de hidrômetros dedicados para atender cada loja.

Em resposta ao pedido, a superintendente Comercial e de Relacionamento com os Clientes Sabesp, Samanta Souza, informou que "os sistemas estão adequados para realizar a medição de água diferenciada para os projetos do programa ProAcqua de medição individualizada".
"Esse respaldo é fundamental para as áreas envolvidas com projetos de edificações e orientará o desenvolvimento de empreendimentos futuros, com vistas ao melhor aproveitamento da água e rateio equilibrado das despesas de acordo com o uso", pontua Paulo Rewald, diretor de Normalização da vice-presidência de Tecnologia e Sustentabilidade do Secovi-SP.

Para outras informações, acesse o site do programa ProAcqua da Sabesp.