Quinta, 12 Novembro 2020 00:00

Condomínios se mobilizam para salvar área verde de 350 mil m² na divisa entre SP e Osasco

Por

Cerca de 20 condomínios localizados nas imediações do São Francisco Golf Club, na divisa entre os municípios de São Paulo e Osasco, estão se mobilizando para abraçar a área em defesa da região. Eles temem que alterações em curso no zoneamento local permitam a implantação de 130% a mais do estoque de prédios que se pode construir atualmente.

Há notícias de que será erguido empreendimento de cerca de 60 torres no local, além de um shopping center. Com 350 mil m² de área, o Golf Club possui nascentes, denso parque arbóreo, contabilizando 96 espécies da flora nativa da Mata Atlântica, além de 35 diferentes exemplares da fauna, alguns em extinção.

Golf Club - Osasco/SP

A mobilização ocorrerá no próximo dia 22 de novembro de 2020, a partir das 9h, quando os moradores de mais 20 condomínios localizados nos bairros de Vila Yara, Umuarama, Parque dos Príncipes, Adalgiza e São Francisco, entre São Paulo e Osasco, se reunirão na altura da Av. Dr. Martin Luther King, 980, próximo ao São Francisco Golf Club. O objetivo é realizar uma manifestação pacífica em prol da região. O movimento está sendo organizado pela Avive (Associação Vila Que Te Quero Verde), que visa chamar a atenção de formadores de opinião e autoridades sobre os danos ambientais e estruturais causados pela verticalização urbana no entorno do São Francisco Golf Club, que abrange bairros da Zona Oeste de São Paulo e da cidade de Osasco.

Realizado em uma área ampla e ao ar livre, o evento terá um tom familiar e amistoso. Os organizadores solicitam que os participantes levem máscaras e álcool em gel, além de respeitarem o distanciamento social.

Sobre a região e a mobilização

A criação da Avive foi motivada pelo aumento da valorização imobiliária da região, que cresceu justamente por oferecer as áreas verdes do complexo do Golf Club como maior atrativo para captar novos moradores e comerciantes, e que agora estão ameaçadas. A área possui 350 mil metros quadrados e faz conexão com um maciço florestal que se estende até o Parque Municipal Colinas de São Francisco, contabilizando 96 espécies da flora nativa da Mata Atlântica e 35 de fauna, algumas em extinção.

Com os últimos empreendimentos lançados na região, já foi observado o crescimento contínuo do número de veículos em circulação, o estreitamento das já saturadas vias de circulação, devido à utilização do sistema viário como estacionamento de veículos e a precarização dos pavimentos em função do aumento de carga viária. (Com informações e texto-base de Patricia Buarque / Edição Rosali Figueiredo)

A mobilização poderá ser acompanhada através do:

- Instagram: @avive_golf

- Facebook: Avive_golf Comunidade

#salveogolfclub

Mais informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .