Geradores nos condomínios: adaptações são necessárias para diminuir ruído e emissão de poluentes

Escrito por 

Para alimentar três torres com quase 300 unidades e enfrentar interrupções frequentes de energia, por longos períodos, o Condomínio Practical Way, na zona Oeste de São Paulo, mantém um gerador de 180 KVa. Melhorias têm sido promovidas no local com vistas a diminuir um pouco o impacto ambiental de seu funcionamento.

O zelador José Paulo dos Santos diz que as condições de operação do equipamento já suavizaram bastante. O gerador fica em uma sala ampla, com várias saídas de ar, possui escapamento que elimina o gás para a área externa, próximo da calçada, mas longe dos transeuntes e em altura razoável. Há também um silenciador presente no interior do equipamento, em quase toda sua extensão.

Quanto à emissão dos gases, a síndica Silmara Nascimento Ruiz diz que o condomínio está providenciando um catalisador. "O valor é em torno de R$ 5.500,00. Estou aguardando uma proposta da empresa de manutenção para parcelamento desse custo", argumenta. "Mas, independentemente de qualquer coisa, teremos que cumprir tudo o que dizem os decretos." (Os de número 54.797/14 e 52.209/2011)

O fato é que o gás emitido pela queima do óleo diesel e os ruídos ensurdecedores afetam não somente aos condôminos, quanto à vizinhança. O barulho era um grande problema do gerador do Condomínio Edifício Visconde de Monte Negro, localizado na zona Oeste de São Paulo. Segundo o zelador Zacarias da Silva Moreira, após reclamações constantes, o prédio resolveu instalar duas espécies de silenciadores externos, que, segundo ele, ajudaram a diminuir o ruído produzido pelo equipamento.

Na sequência, o zelador José Paulo dos Santos mostra as diversas saídas de ar da sala em que está o gerador do condomínio onde. Segundo ele, havia originalmente apenas uma pequena abertura, os novos vãos ajudam a diminuir a vibração do som. Na foto menor, ele mostra apenas a ponta de um silenciador que também ajuda a diminuir o barulho. O silenciador ocupa quase toda extensão da parte interna do gerador.

Abaixo, alguns modelos de atenuadores de ruídos, fotografados pelo técnico Adeildo Martins.

 

São Paulo, 9 de maio de 2014