Gerador a postos no verão

Escrito por

Longe de ser um item de luxo, o gerador demonstra a que veio especialmente no verão, quando não raro os temporais interferem no fornecimento de energia elétrica. “É crucial manter o gerador em perfeitas condições para operar de forma eficiente sempre que acionado e, se for a diesel, sempre com o tanque cheio, mesmo que não haja recorrência de queda de energia na região”, comenta o consultor em sindicatura Antonio Carlos Barbosa, há 40 anos atuando no mercado condominial.

Consultor Antônio Carlos

Antonio Carlos: Consultor recomenda monitoramento semanal do equipamento

O profissional lembra da importância da manutenção preventiva, a qual deve ser executada por empresa capacitada a cada 15 ou 30 dias, e da revisão semestral, envolvendo serviços como troca de óleo lubrificante e filtros do motor, o que independe da utilização do gerador no período. Da parte do condomínio, é indispensável realizar monitoramento semanal, orienta Antonio Carlos. Segundo ele, essa parte costuma ser um tanto negligenciada, a ponto de muitos condomínios só se darem conta de que o nível de diesel está abaixo do necessário apenas no momento em que ocorre a queda de energia elétrica. “Isso é tão comum nos condomínios! Aí começa uma correria pela recarga; as empresas especializadas no fornecimento ficam sobrecarregadas”, observa.

A situação mencionada pode trazer outra preocupação se, frente a demora na entrega do diesel, o zelador ou o síndico decidir comprar um galão no posto de gasolina e transportá-lo em carro ou moto. “Essa prática é perigosa e proibida por lei. Material inflamável só pode ser transportado em veículo apropriado, e o abastecimento do gerador tem que ser feito por alguém habilitado”, adverte o consultor, e completa: “Também não se deve estocar galões, pode haver vazamento, trazer riscos de acidente. O correto é cadastrar o condomínio em fornecedores confiáveis, e ter a mão três ou quatro deles como parte de medida de contingência”, recomenda.

“Na escolha de quem fará a manutenção de geradores, o condomínio deve ponderar se a empresa possui atendimento ininterrupto, 24 horas por dia, como em nosso caso, porque isso vale muito.”

(Carlos Henrique Garcia, gerente operacional, Apretec Geradores)


Matéria publicada na edição 297 fev/24 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.


logo Instagram

Siga a Direcional Condomínios no Instagram

logo Instagram
logo Instagram
logo Instagram

Anuncie na Direcional Condomínios

Anuncie na Direcional Condomínios

Assine nossa newsletter