Ambientes de recreação no condomínio devem promover integração da garotada

Escrito por

As imagens que abrem esta reportagem mostram a área de playground do Condomínio Ana Elisa, em Higienópolis, região central de São Paulo, além de um espaço contíguo, sombreado, com lousa e piso emborrachado, voltado para a livre expressão da garotada.

Playground

Esse é um dos exemplos da tendência que a reportagem da Direcional Condomínios vem observando no sentido de se integrar ambientes de playground e brinquedoteca a outras áreas dos prédios.

O playground do Ana Elisa foi modernizado há cerca de cinco anos, em uma gestão anterior à da síndica e moradora Tanila Savoy, que assumiu o cargo no final de 2018 e foi reeleita em agosto passado. “O play antes era antiquado e com poucos recursos, depois foi modernizado dentro das normas de segurança. Desde então promovo a manutenção e revitalização periódicas, como a troca das redes do pula-pula, que fizemos recentemente”, afirma. No caso da lousa, a gestora observa que a possibilidade de as crianças se manifestarem livremente ajuda a acalmá- las e as remete ao aprendizado. Mas, além da lousa, Tanila revitalizou o jardim com mudas frutíferas (laranja, pitanga, limão e mexerica) para que a garotada possa colher e comer, “isso acalma também”.

Para a arquiteta Laura Alouche, que desenvolve, entre outros, projetos de playground e demais espaços integrados para crianças e adolescentes, o ideal é que haja um suporte de monitores a ser oferecido pelos condomínios. “O que tenho visto são crianças solitárias em playgrounds e brinquedotecas de condomínio, com o espaço e equipamentos subutilizados. Brincar sozinho é complicado, por que não oferecer uma horta ao lado de um playground, para as crianças plantarem e verem o feijão crescer, por exemplo? Mas é preciso sempre haver um responsável dirigindo a atividade”, diz. Laura Alouche atuou como voluntária na revitalização da Praça Ayrton Senna, na região do Morumbi, zona Sul de São Paulo, trabalho coordenado pela Associação Amigos do Panamby.


Matéria publicada na edição - 272 - out/2021 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.



Anuncie na Direcional Condomínios

Anuncie na Direcional Condomínios