A gerência em um condomínio-clube

Escrito por

Condomínios-clubes têm optado por distribuir as atividades do zelador entre o gerente predial e/ou administrativo e a área de manutenção. De acordo com a Convenção Coletiva dos trabalhadores em condomínios de São Paulo, Capital, as funções de zelador e gerente dividem-se em:

Síndico

Gerente Karina Pravatti: Apoio ao síndico no acompanhamento de inspeções, contratos, planejamento da manutenção, na interlocução com moradores e funcionários, entre outros

- Zelador: Fazer a intermediação entre a administradora e o síndico, delegar e acompanhar a execução de tarefas, verificar as áreas comuns e instalações;

- Gerente Predial: Planejar e executar rotinas administrativas, de contratação e gestão de equipes, preparar relatórios etc.

A gerente administrativa do Condomínio Family Santana, Karina Pravatti, acaba conciliando ambas as partes, mas conta com uma assistente e o encarregado da manutenção para auxiliá-la. Condomínio-clube, o Family Santana possui 4 torres e 400 unidades e está localizado na zona Norte de São Paulo. Graduada em administração e ex-subsíndica em outro condomínio, onde mora, Karina destaca que um papeis desempenhados hoje no Family é o de “planejar e fiscalizar os serviços a serem executados, assim como ler os contratos e gerenciar recursos, sejam eles monetários, materiais ou humanos”.

É o caso, ilustra, da contratação de inspeção predial no condomínio, hoje regida pela norma ABNT NBR 16.747:2020. “Nosso trabalho é o de acompanhar a inspeção pelo profissional da área e, a partir do laudo final, discuti-lo com o síndico e planejar as ações de acordo com sua criticidade e prioridades verificadas. Isso possibilita ao síndico elaborar com mais assertividade a previsão orçamentária e alocar os recursos de modo a evitar rateios extras, preservar a edificação e manter os serviços com menos falhas.”

Karina ressalta ainda a prerrogativa de coordenar e acompanhar a execução do plano de manutenção: “Fazemos um checklist semanal junto ao encarregado, com base em um planejamento prévio. Na segunda-feira conferimos o que foi possível executar e o que entrou de novidade, porque no dia a dia de um condomínio de nosso porte, sempre surgem novas prioridades”. Ela atua desde 2015 no condomínio-clube, que dispõe de 33 funcionários (3 deles próprios), e possui outro importante papel, o de receber e encaminhar demandas, queixas e sugestões dos moradores.


Matéria publicada na edição - 264 - fev/2021 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.


logo Instagram

Siga a Direcional Condomínios no Instagram

logo Instagram
logo Instagram
logo Instagram

Anuncie na Direcional Condomínios

Anuncie na Direcional Condomínios