A repaginação estética das cabinas dos elevadores nos condomínios

Escrito por 

A síndica Ângela Merici acaba de ver concluídos todos os trabalhos relativos à modernização dos quatro elevadores das duas torres que compõem o Condomínio Maresias, localizado em Perdizes, zona Oeste de São Paulo. A etapa final ficou por conta da reforma estética das portas externas de todos os pavimentos, de forma a haver uma padronização com as cabinas, que foram remodeladas.

modelos de cabinas de elevador

A imagem traz alguns modelos apresentados pelo mercado, que oferece também aos síndicos a opção de personalizar o uso de cada um dos materiais de revestimento

Nesse último momento, “as portas precisam ser ajustadas às condições de cada andar quanto aos componentes dos batentes”, explica Olga Antunes, assistente da empresa que executou os serviços. “Estes alinhamentos são realizados após a instalação de todas as portas, sem prejuízo ao bom funcionamento dos comandos novos e demais componentes técnicos”, completa Olga.

A modernização atendeu a uma expectativa antiga dos moradores, “que queriam o elevador bonito”, lembra Ângela Merici. Desta forma, foram estabelecidos contratos separados para a repaginação da cabina, que combinou diferentes materiais disponibilizados pelo fornecedor. O elemento predominante é a fórmica, intercalada ao aço inoxidável escovado (presente em colunas, rodapés e teto). Piso de granito, espelho, botoeira com intercomunicador (que é personalizada e acompanha a modernização do comando) e iluminação completam a nova cabina.

De acordo com o fornecedor, a opção do condomínio foi a de montar uma peça no padrão standard. Mas, atualmente, a fórmica empregada é tão valorizada quanto o aço. Ela já não entra mais como uma opção de baixo custo, e sim de estilo. “A intenção era a de que a cabina não fugisse ao perfil do prédio, que ficasse com visual contemporâneo, mas sem parecer com a de um prédio comercial”, observa a síndica. Como o condomínio eliminou a distinção entre elevador social e de serviços, as quatro cabinas ficaram iguais.


Matéria publicada na edição - 249 - setembro/2019 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.