Contemporâneos, modernos e funcionais: O novo hall social e salão de festas de dois prédios residenciais em SP

Escrito por 

Hall social do prédio

CONTEMPORÂNEO E ELEGANTE – Em 23 de dezembro do ano passado os moradores do Condomínio Helbor Spazio Club, na Vila Mariana, foram surpreendidos durante a reinauguração do hall social do prédio, de onze anos de implantação. Fazia três anos que a assembleia havia definido como prioridade a reforma do hall social, mas nesse período o condomínio executou a obra da fachada e de troca do sistema de individualização do gás. No segundo semestre de 2018 a proposta foi retomada e, em outubro, a assembleia aprovou o projeto de reforma do hall social, um ambiente amplo com uma parte em pé direito duplo e abertura no teto (foto).

De acordo com a síndica Regina Nagamine, quando o hall foi reaberto, para a maioria dos condôminos o novo visual “superou as expectativas”. “Mesmo quem tinha dado um parecer de que essa obra não era necessária, comentou que a modernização valorizou muito o condomínio e solicitou a continuidade das reformas, incluindo a frente do prédio, a marquise com espelho d’água, o mezanino e o salão de festas.”

Regina afirma que o assunto será debatido em nova assembleia em setembro ou outubro próximos. Quanto ao hall social, uma comissão de moradores acompanhou o processo, desde a cotação à análise do projeto vencedor. O ambiente perdeu o antigo aspecto rústico e ganhou elegância com a introdução de novos materiais: Piso em porcelanato polido; paredes com acabamentos variados, intercalando painéis ripados de MDF com 3D em gesso e luminotécnica, e outra levemente curvada e pintada com tinta de efeito marmorizado; além da cobertura do teto vazado em vidro e caixilharia de alumínio, substituindo uma estrutura antiga. Espelhos e portas com maçanetas embutidas completam o cenário do residencial localizado na zona Sul de São Paulo.

Salão de festa do condomínio

SALÃO DE FESTAS, MODERNO E FUNCIONAL – No Condomínio Rubens Brito e Elza Brito, localizado em Perdizes, zona Oeste de São Paulo, desde novembro do ano passado os condôminos têm usufruído de um renovado salão de festas. Composto por dois prédios, o condomínio dos anos 70 já havia modernizado toda a sua parte da frente, incluindo fechamento em muro de vidro, nova guarita e rampa de acessibilidade. Na sequência veio o salão de festas, um ambiente que costumava ser usado “no máximo dez vezes por ano”, observa o síndico Rodrigo Fernandes de Freitas. Depois da repaginação, acontecem pelo menos duas locações mensais, compara o gestor, que conduziu a obra com o apoio de dois conselheiros engenheiros e do subsíndico. O novo ambiente incorpora espaços remodelados e antes externos (um living e dois banheiros), dispõe de sistema de som embutido no teto e wi-fi. As próximas modernizações no condomínio recairão sobre os quatro elevadores (contrato já definido) e o hall social.

Leia também:

Retrofit das áreas comuns, uma “virada” no conceito do condomínio

Matéria complementar:

Estratégias para o condomínio fazer mais com menos
Por Marcio Bagnato (Advogado e administrador de condomínio)

Matéria publicada na edição - 248 - agosto/2019 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.