Manutenção da piscina: como deixá-la mais segura para o verão?

Escrito por 

Incialmente é importante definir o que é uma piscina e que elementos a compõem. Segundo a "Cartilha Inspeção Predial: Equipamentos e Espaços de Lazer", organizada pelo Ibape-SP (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias em Engenharia de São Paulo), a piscina representa o conjunto das instalações, compreendendo o(s) tanque(s) e demais componentes relacionados ao seu uso e funcionamento.

Ou seja, este conjunto inclui o:

- Tanque: Reservatório destinado à prática de atividades aquáticas;

- Deck: Espaço de circulação e/ou descanso existente no entorno do tanque; e,

- Equipamentos.

A proposta deste artigo é abordar os cuidados indispensáveis à preservação da saúde e segurança do tanque e deck. Que itens deverão ser observados para termos certeza que a piscina estará com sua saúde perfeita?

Um tanque de piscina deve ser estanque, ou seja, sem ocorrências de vazamentos e/ou infiltrações, além de não apresentar pontos de corrosão de armadura. Já o deck, se de madeira, deve estar com sua estrutura íntegra, sem peças danificadas por quebra, rachadura ou presença de farpas decorrentes da falta de manutenção ou pela presença de cupim. Cabe ressaltar que, no caso de uso de pregos ou parafusos na sua fixação, os mesmos devem estar totalmente embutidos na madeira e sem corrosão.

No que tange à segurança das condições do tanque e deck, é preciso estar atento aos itens abaixo:

1. As bordas da piscina e degraus deverão ser arredondados. Não é indicada a existência de cantos vivos nessas áreas;

2. As escadas de acesso ao interior do tanque deverão estar suficientemente fixas na sua base;

3. Terá que haver indicação da profundidade do tanque;

4. Faixas antiderrapantes deverão ser instaladas nos degraus;

5. Se houver mudança de profundidade no tanque, a mesma deverá estar sinalizada;

6. No caso de piscinas com revestimento cerâmico, a mesma terá que estar com suas peças íntegras e o rejunte em boas condições;

7. O travamento/destravamento do portão de acesso da área da piscina deverá ser mantido em bom estado de funcionamento;

8. A qualidade da água deverá estar adequada a balneabilidade;

9. É preciso instalar lava-pés antes do acesso à área do tanque; e,

10. Se o tanque estiver com uso suspenso (temporária ou definitivamente), ele deverá ser coberto por uma lona, capa, redes ou similares, que assegurem a contenção de corpo, impedindo a imersão total no tanque. Outra alternativa é a instalação de sensores que informem a presença do corpo estranho na área interna do tanque. Mas os sensores não deverão ser utilizados quando o tanque estiver total ou parcialmente vazio. Neste caso, isole fisicamente e monitore a área.

Algumas dicas e cuidados no uso e na manutenção

Elas são, de acordo com a "Cartilha Inspeção Predial: Equipamentos e Espaços de Lazer", do IBAPE-SP.

1. Ficar atento ao nível e volume de água do tanque, observando se o mesmo atende ao projeto;

2. Colocar avisos indicando que não é permitido o uso de bronzeadores, já que eles ficam impregnados nas paredes e bordas da piscina e alteram a qualidade da água;

3. Verificar e manter o pH da água conforme recomendação do manual, evitando assim o surgimento de algas, fungos e bactérias;

4. Manter o adequado tratamento da água, de forma a preservar a qualidade e evitar o desperdício com a troca de água;

5. Não utilizar produtos químicos que possam causar manchas no revestimento, no rejuntamento e danificar tubulações e equipamentos;

6. Consultar sempre o manual;

7. Orientar os usuários a não jogar resíduos ou partículas que possam danificar ou entupir o sistema de drenagem/filtragem;

8. Não obstruir a ventilação do motor; e,

9. Não obstruir as saídas dos jatos de água.

Rejane Saute Berezovsky

Engenheira civil com 34 anos de atuação com obras, inspeções e perícias. É diretora do Ibape-SP (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias em Engenharia de São Paulo). Colaborou na elaboração e edição da norma de Inspeção predial do Instituto, lançada em 2011.
Mais informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Matéria complementar da edição - 229 - novembro-dezembro/2017 da Revista Direcional Condomínios

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.