Piscinas - Limpeza

Escrito por 

O Brasil é o segundo país do mundo em número de piscinas instaladas, só ficando atrás dos Estados Unidos. São 1.250.000 piscinas em todo o País, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes e Construtores de Piscinas e Produtos Afins (ANAPP). Não há números que comprovem a quantidade de piscinas em condomínios. Porém, elas são um dos componentes das áreas de lazer que mais valorizam um edifício. Prédios sofisticados chegam a ter modelos aquecidos e cobertos, ideais para nadar o ano inteiro.

Independente do tamanho e estilo da piscina do condomínio, o importante é tratá-la bem, mantendo-a sempre limpa. Um zelador bem treinado pode fazer o serviço com eficiência. Segundo Kaumer Rodrigues, superintendente da ANAPP, todo dia deve-se proceder a limpeza física da piscina, retirando folhas e outros resíduos visíveis. Para esse serviço, devem ser utilizados acessórios como peneiras, coadeira (também conhecida como skimmer, fica instalada ao nível da água, e sua função é captar sujeiras que flutuam na superfície), escovão (para limpeza das superfícies submersas) e aspirador. Devem ser limpos ainda freqüentemente os cestos pré-filtros da motobomba e da coadeira. Esses cestos servem para reter as sujeiras maiores e evitar que elas atinjam a bomba. 

Produtos limpa-bordas devem ser utilizados para retirar sujeiras aderidas nas bordas da piscina, com o auxílio de uma esponja macia e não abrasiva. Nunca utilize palha de aço ou escovas metálicas. 

O filtro também deve ser ligado diariamente: o sistema de filtragem limpa a água através de uma areia especial que está dentro do filtro, removendo cabelos, restos de protetor solar e outras impurezas. Consulte o fabricante do filtro para saber o tempo que ele deve ser mantido ligado. Esse período varia de 6 a 12 horas, o tempo necessário para que todo o volume de água da piscina passe pelo sistema de filtração. Rodrigues lembra ainda que, periodicamente, deve ser verificado o estado da bomba (ela puxa a água da piscina para que passe pelo filtro) e, ainda, se a vazão da bomba utilizada é a correta para o tamanho da piscina. Uma boa dica é seguir à risca as instruções constantes do manual do fabricante do filtro e da bomba para a manutenção desses equipamentos. “A casa das máquinas deve estar sempre seca e ventilada”, orienta ainda o superintendente da ANAPP.


FONTES

Genco: Serviço de Atendimento ao Consumidor: (11) 6413-2194
HTH: 0800-112200
Piscina & Sossego: (11) 5581-7655