Equipamentos que compõem um sistema de segurança

Escrito por 

Um sistema eletrônico de segurança tem a função de prevenir; ele detecta e avisa quando alguma irregularidade acontece. Os sistemas eletrônicos envolvem subsistemas, que são as centrais de alarmes, os controles de acesso (videoporteiros, catracas, leitores de cartões) e os CFTV (circuitos fechados de televisão e vídeo). Esses subsistemas trabalham integrados entre si e é fundamental, para seu bom funcionamento, que tenham instalação adequada, feita por pessoal especializado.

O condomínio pode contar também com um sistema de monitoramento de alarmes. Nesse caso, quando acionado, o alarme envia um sinal para uma central de monitoramento que funciona 24 horas e toma as medidas previamente combinadas com o cliente (até a polícia pode ser acionada). Em muitos casos, a central de monitoramento envia um carro próprio ao condomínio. O monitoramento também pode ser acionado por meio de botões de pânico: instalados em locais estratégicos, eles são acionados pelo usuário em caso de emergência.

O CFTV é um circuito fechado de câmeras que, posicionadas conforme a necessidade do local, transmite as imagens para um ou vários monitores de televisão. É um sistema inibidor principalmente de furtos, identificando problemas internos e externos do condomínio.

Os equipamentos básicos utilizados nos circuitos fechados são câmeras de vídeo e monitores de televisão. São necessários, ainda, equipamentos de mixagem para gravação e apresentação das várias imagens num mesmo monitor, e gravadores das imagens geradas para arquivo. Há vários tipos de câmeras no mercado, como as próprias para uso interno e outras para uso externo. As mais utilizadas são as câmeras preto e branco, que capturam melhor a imagem em situação de baixa luminosidade. Já as coloridas, identificam mais rapidamente as pessoas.p

Mas, o fator fundamental para o bom funcionamento de um sistema de CFTV é o posicionamento ideal das câmeras. Deve-se evitar colocar a câmera onde a luz - seja solar, de holofotes ou luminárias - possa prejudicar a qualidade da imagem. É necessário planejar, também, um sistema de alimentação independente para o CFTV, utilizando baterias auxiliares, para o caso de interrupção de energia.

Importante também lembrar que o usuário dos equipamentos de segurança seja treinado pela própria empresa instaladora, ou em cursos especializados. E que ninguém - seja morador, funcionário ou visitante - possa desrespeitar os procedimentos de segurança, pois as conseqüências todo mundo já conhece. 

Matéria publicada na edição Nº 51 em abril de 2002 da Revista Direcional Condomínios