Paisagismo: Um toque profissional a um bem precioso: a área verde nos condomínios

Escrito por 

O atual Código de Obras e Edificações do Município de São Paulo (a Lei 11.228/92) determina que, para efeitos de insolação e areação, os imóveis mantenham ao menos 15% de sua área permeável, livre de construções ou pavimentos, permitindo a absorção das águas pluviais. Os demais municípios costumam se inspirar na legislação paulistana para assegurar qualidade de vida à população e evitar os transtornos das inundações. Para os condomínios, a lei traz muitos benefícios, principalmente se o espaço for dotado de projetos paisagísticos adequados ao clima e às características do solo da região, à posição do imóvel e às necessidades dos residentes. Isso tudo exige conhecimento, estrutura e qualificação profissional, a exemplo do que é oferecido pela Serv-San, um dos mais tradicionais nomes do mercado de implantação e manutenção de áreas verdes no Brasil.

A missão da Serv-San pode ser resumida pela sustentabilidade de suas ações, em prol da valorização da relação entre o homem e a natureza, pela responsabilidade social e também pelo atendimento estrito à legislação ambiental, urbanística e do trabalho. Entre as suas metas gerais, encontram-se a harmonização do meio ambiente, a personalização no atendimento conforme as necessidades do cliente, e a garantia da qualidade no serviços de implantação e execução dos jardins.

Com 42 anos de vida, a Serv-San surgiu no contexto da revolução comportamental, cultural, política e social que agitou o mundo entre o final dos anos 60 e início dos 70. Na época, surgia um novo paradigma, de valorização da vida, conceito que posteriormente se ampliou como defesa do bem-estar social e ambiental e hoje se transformou em um imperativo pela preservação do planeta e das gerações futuras. Nessas quatro décadas, a empresa cresceu e tornou-se uma das maiores do mercado, com estrutura e expertise para atuar em todo Brasil com grandes clientes, bem como participar de concorrências públicas (em manutenção, execução de áreas verdes e limpeza, por exemplo). Uma das marcas lançadas pela Serv-San é a Dimy, de produtos para jardinagem. Existe outra empresa como parceira do grupo, a Itograss Agrícola, que produz e comercializa gramas cultivadas, ocupando a liderança no mercado nacional.

Segundo o empresário Paulo Vicente Cocchi, o amplo portfólio de serviços da Serv-San inclui a implantação, reforma e manutenção de áreas verdes; o fornecimento de vasos com plantas; a limpeza de condomínios comerciais e residenciais; terceirização de mão de obra para portaria, elevadores (ascensorista), recepção e zeladoria; a manutenção de piscinas; aplicação de herbicidas; a poda ou retirada de árvores; reflorestamento e compensações ambientais. Seus parâmetros de atuação são dados pela capacitação e treinamento constante dos recursos humanos, aprimoramento tecnológico e atualização do know how, “visando à qualidade total”. Não à toa, no início desta década, a empresa conquistou a Certificação ISO 9001:2000, selo que atesta o Sistema de Gestão de Qualidade adotado pela companhia.

Em 2010, desenvolveu um programa de treinamento profissional para os colaboradores, “capacitando-os para exercerem melhor suas funções e melhorar a qualificação profissional”. “Melhoramos nosso atendimento e qualidade com o objetivo de atrair novos clientes”, afirma Paulo Vicente. E entre os objetivos para 2011, está aumentar as contratações de profissionais com necessidades especiais e aprendizes, “além da cota estipulada” pela legislação, de forma que a empresa possa “colaborar mais significativamente com a sociedade”. A Serv- San investe hoje em programas de alfabetização, mantendo um curso regular, revela o empresário. Ainda para 2011, está prevista a realização de programas internos para motivação laboral, além de conquistar novos contratos, “através de indicação de clientes satisfeitos com a qualidade”.

Paulo Vicente enumera entre os principais benefícios oferecidos pela empresa, a capacitação e o treinamento de sua equipe, a organização dos processos de trabalho – “acompanhados por gerentes, supervisores, encarregados e líderes”, acompanhamento do pós-venda, uso de materiais tecnológicos e de qualidade, o frequente acompanhamento de cada serviço, antecipando-se na solução dos problemas, entre outros. Há um cuidado especial com os funcionários, treinados periodicamente em relação às normas de segurança e equipados com os recursos necessários à execução dos serviços. Está aí um dos grandes diferenciais da empresa, segundo Paulo Vicente, destacando que a Serv-San age “de forma responsável” e busca “o aperfeiçoamento contínuo e a superação dos padrões de excelência”.

SERVIÇO:
Serv-San
11 3021-6142
www.servsan.com.br
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

Matéria publicada na Edição 153 de dez/jan 2011 da Revista Direcional Condomínios.