Segunda, 17 Junho 2019 00:00

Saiba economizar água, tempo e dinheiro na manutenção do jardim do condomínio

Escrito por 

O ecossistema vive em perfeito equilíbrio e harmonia. Se hoje está chovendo, nos perguntamos: "Como? Não é época de chuvas!".

Assim ocorre com as demais condições climáticas experimentadas todos os dias, e às vezes não nos damos conta de que a natureza trabalha para que o ecossistema esteja sempre em equilíbrio. O nosso papel enquanto seres humanos é respeitar a natureza e economizar seus recursos naturais, para que não haja este desequilíbrio causado pelas agressões do homem ao meio ambiente.

A água é um elemento fundamental para qualquer ser vivo, perceba que 2/3 do planeta Terra é composto por água, 66% do Corpo Humano é composto por água. Nas plantas, bem como nas frutas e vegetais que chegam à nossa mesa, esses percentuais são ainda mais elevados.

Nas plantas, a água é indispensável para o funcionamento de todo metabolismo da vegetação. Ela tem uma característica peculiar, pois transporta a seiva bruta (água e sais minerais) da raiz às folhas de forma contínua. Se entendermos que a água representa esse elemento fundamental para a nossa subsistência, é de extrema importância preservá-la, aproveitando os próprios recursos que a natureza nos dá.

Como posso adotar práticas de economia de água, com baixo investimento e retorno imediato?

As dicas abaixo servem não apenas para os cuidados com o jardim, mas elas podem inspirar moradores e usuários em edifícios a adotarem pequenas medidas que, juntas, podem fazer total diferença no dia a dia.

No seu edifício (condomínios, hotéis, hospitais etc.)

a) Instale cisternas para captação de água de chuva, otimizando a rega dos jardins, entre outros (leia mais em: Economia & Saúde: ABNT muda norma de reuso da água da chuva);

b) Instale sistemas simples de irrigações na rega das plantas, economizando água e o tempo do profissional que faz este serviço manual;

c) Converse com o jardineiro do seu condomínio sobre os melhores horários para a irrigação das plantas e pelo aproveitamento da água.

Na sua casa, apartamento ou escritório

a) Instale arejadores nas torneiras;

b) Instale torneiras e duchas com sistemas eficientes na boa pressão e baixa vazão;

c) Verifique os reparos dos acionadores de vasos sanitários;

d) Substitua sistemas de válvulas de descarga por assentos com caixa acoplada de duplo fluxo.

Para que possamos cuidar do jardim, é preciso cuidarmos primeiramente da água que alimenta o meio ambiente. Lembre-se que o nosso sistema deve estar sempre em equilíbrio, e não dá para falar de jardim sem falar da água como elemento fundamental para a sua manutenção.


Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.

Kleber Carneiro

Administrador de empresas, empresário do ramo de paisagismo e cuidados com meio ambiente.
Mais informações: kleber@sementegarden.com.br.