E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Gostaria de voltar um pouco no tempo e comentar que a partir da década de 60, nós tivemos uma grande movimentação da população brasileira. Muitas pessoas vieram morar nas grandes cidades em busca de emprego, conforto e comodidade, pois nos grandes centros, a população tinha acesso à saúde, segurança, conveniência e, quase na virada do século, já se tinha mais de 80% da população vivendo nas grandes cidades.

Nas assembleias, "você precisa envolver os moradores no sonho do condomínio, se isso acontecer, certeza de que o sonho vai se tornar realidade".

Para você que ainda não leu o livro "A Quarta Revolução industrial", de Klaus Schwab, segue uma dica mega power:

Senta que lá vem mais uma história do mercado condominial.

Sempre gosto de começar qualquer artigo que escrevo contando uma história e este não será diferente.

Em 1918 iniciou uma grande pandemia no mundo: a gripe espanhola. Infelizmente, estima-se que morreram em torno de 50 milhões de pessoas, terminando em 1920. O que mais se ouvia falar na época era "que iremos voltar a um novo normal". Os políticos usaram muito essa campanha dizendo que fariam as coisas certas para que isso não voltasse a acontecer e, se acontecesse, o povo estaria preparado.