Terça, 18 Junho 2019 00:00

Como o síndico é avaliado pelo condomínio e o mercado?

Escrito por 

O melhor que podemos fazer primeiramente é observar. Observar os síndicos de sucesso, os síndicos de referência e aqueles que perduram por longos anos em suas gestões.

Alguns podem dizer: "Mas muitos síndicos ficam muito tempo no cargo pela omissão da maioria"! Tal afirmativa é verdade, mas ninguém fica tanto tempo à frente de uma gestão apenas por omissão dos condôminos, existem virtudes implícitas com certeza.

Como eles se comportam? Como conquistaram a confiança dos condôminos? Como reagem às pressões diárias? Todas essas perguntas precisam ser respondidas, pois elas são fundamentais para sua avaliação como síndico.

Todos os condomínios têm públicos diferentes, culturas e particularidades distintas, portanto, nos primeiros meses do síndico, em primeiro lugar, é necessário ouvir, aprender a se adaptar, e entender como a comunidade reage às ações administrativas por ele implementadas.

Faça como um cliente bancário: deposite, aplique e depois obtenha rentabilidade. Assim deve ser o procedimento para que o síndico possa ser avaliado. Deposite credibilidade, honrando os pagamentos em dia, pratique o estrito cumprimento da Convenção e do Regimento Interno, não abra exceções aos inadimplentes, aplique métodos inteligentes de gestão, de relação interpessoal com colaboradores e condôminos, assim os resultados serão sempre satisfatórios.

Praticar o bom senso é muito importante na fase inicial de uma gestão. Como exemplo, podemos citar as aplicações de multas. É de bom tom que o gestor condominial avalie criteriosamente a aplicação de uma multa ao condômino. Muitas penalidades são aplicadas sem comprovação incontroversa da infração, sem qualquer fundamentação jurídica, e muitas apenas impostas por implicância do síndico com o condômino.

Comportamento positivo e proativo gera resultado favorável, é quase matemático. A forma como se portar em público, como conduzir a gestão administrativa, financeira e de relacionamento com os condôminos e com os colaboradores será decisiva.

Nas reuniões informais com conselheiros fiscais, ou em assembleias gerais, a postura firme do síndico, o profissionalismo e a ética trarão segurança aos interessados e potencializarão os resultados de gestão. Agir nos termos da legislação, sempre pautando as propostas nos ditames da Convenção, propondo sempre de forma ponderada e nunca impondo nada, são diferenciais importantíssimos.

Outro fator extraordinário para avaliação do síndico é a aplicação da inteligência emocional nas relações condominiais. Essa técnica, se bem aplicada e desenvolvida, certamente levará os condôminos a poder concluir e avaliar: será que podemos realmente confiar neste síndico? Tudo vai depender da inteligência emocional aplicada a cada caso e nas formas de postura administrativa da gestão. Clareza, transparência e honestidade também são pré-requisitos que sedimentam as futuras pretensões do síndico na gestão condominial.

Portanto, síndico, quer ser bem avaliado? Primeiro observe, seja pontual, entenda as particularidades do condomínio, seja profissional no cumprimento das normas, controle suas emoções e seja transparente e honesto, esta é a fórmula!


Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.


Aldo Junior

Especialista e consultor em condomínios desde 1988, é diretor geral da JR Office Assessoria Condominial e da Folha do Síndico, ambos do DF. Atua como diretor artístico e de programação da Rádio Condominio.com. É contabilista, consultor das rádios Antena 01 e Metrópoles 104,1 FM, com o Quadro "Chama o Síndico". Comandou o programa “Meia Hora com Dr. Condomínio” pela Rede Brasil de Televisão. É colunista de jornais, sites, entre outros, e autor do livro "Vida de Síndico", lançado pela Editora All Print. É coordenador geral dos eventos Ciclo de Palestras Condominiais e da Unasíndico.
Mais informações: diretoria@jroffice.com.br.