Quarta, 30 Agosto 2017 00:00

Serviços em condomínios: Uma chance aos empreendedores internos

Escrito por 

Os condomínios, pela sua abrangência, transformaram-se em um nicho interessante de mercado. Diariamente os síndicos são abordados com a oferta de serviços de terceiros voltados aos condôminos, via pacotes ou parcerias.

Por outro lado, existem eventos promovidos internamente pelos "empreendedores" locais, moradores dos condomínios, com resultados positivos. Em um dos condomínios em que atuamos, nos últimos meses, houve o Bazar do Natal, Bazar das Mães, Feira de Negócios e de Artesanato, Bazar do Papai, Festa Junina e, agora, a gestão está se preparando para fazer a festa em homenagem ao Dia das Crianças.

Neste local, tudo começou em um "plantão de inadimplência", que tinha o objetivo de propor o parcelamento da dívida da unidade que estivesse devedora. As subsíndicas que participaram ativamente do procedimento, em certo momento e, atendendo à demanda de donas de casa que estavam ali para apoiar os maridos, trouxeram a ideia de se oferecer um serviço dentro do condomínio, voltado à comercialização interna. Isso, inclusive, iria contribuir com as finanças dessas famílias pela captação de receita doméstica, desencadeando, dessa maneira, uma disposição para acertar as dívidas com o condomínio.

Tudo foi organizado com cautela, justamente para que não se caracterizasse uma pura transação comercial, a qual é proibida nos empreendimentos caracterizados como residenciais. A gestão buscou orientações junto aos advogados, organizando assim um primeiro evento, por meio de inúmeras reuniões que tinham o objetivo de determinar as regras para a realização da "feira". Foram definidos ainda a grade de horário e o público-alvo (somente o interno) para que, cientes das responsabilidades, todos obtivessem êxito.

A iniciativa deu tão certo que a ideia foi ampliada e resultou em outros "bazares", envolvendo muitos outros empreendedores que se aproximaram da gestão oferecendo os produtos para exposição no evento. Em paralelo, a gestão levou para esse e os demais condomínios serviços oferecidos por prestadores externos para consumo interno, como feiras de hortifrutigranjeiros, veículos deliveries (como de comercialização de panetones), food trucks e food bikes, com doces, lanches, dentre outros produtos.

O resultado? Esse tipo de serviço, tanto oferecido pelos empreendedores internos quanto externos, ajuda a aproximar de forma incomparável as pessoas dentro do condomínio. E todos ganham! O condomínio, por uma pequena recuperação da inadimplência; os moradores, seja com a divulgação e comercialização do seu trabalho, ou pela facilidade de adquirir os serviços. É uma experiência nota dez, que vale a pena pela satisfação dos moradores e a aproximação da sindicância com o seu público.

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Grupo Direcional. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.

Roseane Barros Fernandes

Síndica profissional. Mais informações: roseane.fernandes@bfsindico.com.br