Pisos da garagem à sala de ginástica, praticidade, inovação e durabilidade

Escrito por 

Revestimentos em resina, vinílicos ou feitos da reciclagem da borracha representam boas soluções em termos de praticidade, durabilidade, inovação e decoração. Esses materiais proporcionam resistência e facilidade de instalação. Dispensam quebras, pois demandam apenas a regularização do contrapiso. Podem ser utilizados em diferentes ambientes, como garagens, áreas comuns cobertas ou descobertas, salas de ginástica, quadras e playgrounds, conforme as especificações de cada um.

Há sete anos a Engepox começou a instalar a resina epóxi nos pisos das garagens cobertas dos condomínios. “Os primeiros revestimentos estão intactos”, afirma Evaldo Luiz Kuhn, assessor comercial da empresa. Mas há 15 anos ela trabalha com o material em áreas industriais de tráfego intenso, “pela resistência e facilidade de manutenção e limpeza”. Segundo ele, a expectativa é que o piso mantenha suas características por pelo menos quinze anos, quando então se recomenda uma revitalização, “com a aplicação de uma demão de tinta”.

Monolítico (sem emendas), o epóxi é oferecido em diferentes cores e tonalidades, facilitando a demarcação das vagas ou a sinalização dos acessos. “Já atendemos a mais de 80 prédios. Possuímos um sistema exclusivo de trabalho nos condomínios, com equipamentos próprios e uma equipe bem treinada”, diz Evaldo. A aplicação é rápida e exige apenas cinco dias de serviço. A empresa sugere o escalonamento dos trabalhos, realizando-se um subsolo de cada vez. A Engepox oferece ainda o poliuretano (PU), resina indicada para as áreas externas, como quadras e garagens descobertas, playgrounds e áreas de circulação. Ambas as resinas (epóxi e PU) têm a propriedade de impermeabilizar a base. Se necessário, a empresa faz a regularização e a recuperação da superfície.

Outra empresa que trabalha com o PU é a Retaprene, há mais de 19 anos. Segundo o empresário Edison Poso Lopez Junior, o PU é versátil e pode ser utilizado também como impermeabilizante de lajes. Como piso, seu aspecto monolítico dá um excelente acabamento ao ambiente, observa. “O PU substitui pisos convencionais (cerâmicos e de cimento) com custos compatíveis. Apresenta características antiderrapantes e lisas e pode ser personalizado com o logotipo do condomínio e faixas demarcatórias, em várias cores.” A Retaprene conquistou um grande know-how em PU, acrescenta o empresário, especialmente por sua atuação entre grandes clientes, como o Metrô e a CPTM . Assim, “prazo, qualidade e baixo custo são as nossas principais características”, destaca.

A Aubicon, por sua vez, detentora da marca Impactsoft, introduziu uma grande novidade em revestimento para os condomínios: um piso ecológico de tecnologia europeia, produzido a partir da reciclagem dos pneus. Lançado na FEICON 2008, o produto começou a ser fabricado neste ano pela empresa, em uma unidade própria no Sul de Minas Gerais. “Apesar da crise do começo de 2009, a aceitação do ImpactSoft no mercado superou nossas expectativas”, diz Alberto Safra, administrador e um dos sócios da empresa.

Fabricado em placas, o revestimento dispensa colagens ou o uso de rejuntes. “Se a superfície estiver bem nivelada, não há necessidade de remoção do piso anterior”, afirma. A Aubicon lançou há cerca de um mês a linha fitness, para as academias dos condomínios. “Ela traz um visual bem moderno, com fundo preto e possibilidade de combinarmos mais duas a três cores, dando um efeito estrelado.” Sua superfície lisa não compromete a segurança e facilita a limpeza, diz. Além disso, não apresenta vibração e, mesmo modulares, suas placas permanecem fixas e estáveis.

A Aubicon apresenta ainda a linha de playgrounds, com placas que pesam 24 quilos, fazendo com que fiquem bem encaixadas umas às outras. Alberto lembra que este produto atende às normas de segurança europeias na relação entre amortecimento e altura dos brinquedos, dando mais proteção nos casos de quedas. O Impactsoft pode ser utilizado ainda em brinquedotecas e áreas de circulação e garante a retirada de centenas de pneus velhos do meio ambiente.

Também para as academias, outra opção está nos revestimentos vinílicos, material que a American Pisos comercializa há 16 anos. “O vinílico é excelente para a área de fitness, porque é térmico, acústico, apresenta um bom padrão de amortecimento e oferece muitas cores e possibilidades de combinações, dando ao cliente a opção de criar uma decoração própria”, diz o empresário Luiz Carlos Cavalcante Gomes. Destacando ainda a facilidade de limpeza, sua propriedade antiderrapante e a durabilidade do produto, Luiz observa que o piso é indicado sempre para áreas cobertas, como halls, salões de festas e jogos, espaços gourmets e brinquedotecas, entre outros.

A American Pisos tornou-se uma das principais empresas do mercado com expertise em vinílicos, tendo conquistado o padrão “revenda Mais” da Fademac, fabricante do produto, o que assegura uma “garantia estendida”, comenta Luiz Carlos. A empresa oferece, segundo o empresário, assessoria completa aos clientes e garante a instalação, “realizada por técnicos treinados pela fábrica”. 

 

Matéria publicada na Edição 141 de novembro de 2009 da Revista Direcional Condomínios.